Distopias

Imagem

Nesta semana chegou aos cinemas o segundo filme da trilogia Jogos Vorazes – e a adaptação está fantastica! 

Depois de me interressar tanto pela história contada pela Suzanne Collins, resolvi conhecer um pouco mais sobre esse universo das Distopias… E depois de um ano de leituras desse tipo de literatura, resolvi falar um pouquinho do assunto aqui no blog.

Em primeiro lugar, a definição: Distopia ou antiutopia é o pensamento, a filosofia ou o processo discursivo baseado numa ficção cujo valor representa a antítese da utopia ou promove a vivência em uma ‘utopia negativa’… A maioria das distopias tem alguma conexão com o nosso mundo, mas frequentemente se refere a um futuro imaginado ou a um mundo paralelo no qual a distopia foi engendrada pela ação ou falta de ação humana, por um mau comportamento ou por ignorância.” (fonte: Wikipedia)

Basicamente, uma Distopia vai contar a história de um futuro muito distante, onde as coisas fugiram do controle e agora a humanidade se encontra numa situação de desastre, governos opressores, dominação das máquinas ou o que o autor conseguir imaginar…

Alguns clássicos:

distopias

A Máquina do Tempo – H. G. Wells: Um livro de 1931 que revolucionou os conceitos de viagem no tempo na literatura. Uma história curta (150 páginas), e bem diferente. Recomendo muito para quem se interessar por esse universo. Wells também é  autor de outros livros famosos nesse estilo – que eu ainda não tive tempo de ler – entre eles, A Guerra dos Mundos. Você pode saber mais sobre ele nesse link.

1984 – George Orwell: Provavelmente o mais famoso do gênero, outro livro de poucas páginas que te faz pensar na vida e pra onde a sociedade está caminhando. Mais sobre o autor no link.

Admirável mundo novo – Aldous Huxley: Uma leitura mais ‘chatinha‘, porém com um conceito de futuro muito interessante.

Laranja Mecânica – Anthony Burgess: Muita gente comenta das dificuldades de se acostumar com o Nadsat, a linguagem inventada por Burgess e utilizada no livro. Eu não senti tanto, confesso que peguei o jeito da leitura logo nas primeiras páginas, mas é legal já pegar um livro que tenha o glossário, pra tirar algumas dúvidas. O livro perturba e faz pensar. Muito bom e não sem motivo é um clássico tanto da literatura quanto do cinema.

Ainda está na minha lista de leitura: Fahrenheit 451

YA (Yang Adult) ou Infanto Juvenil:

Após o sucesso de Jogos Vorazes outras séries tomaram esse rumo dos futuros alternativos. Poucas com o mesmo sucesso. Ainda não li quase nenhum deles, mas aqui vai uma lista para quem se interessar. Coloquei os links de resenhas do blog Garota IT.

Anúncios

Um pensamento sobre “Distopias

  1. Pingback: #DLdoTigre – Livro de Abril | Wonderland by Me

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s