Como eu aprendi a amar Jane Austen

Durante muito tempo eu tive preconceito com os livros da Jane Austen. Mesmo. Sem nunca ter lido uma frase sequer. Eu achava que era só uma novelinha boba do século XVIII que não iria me agradar. PAGUEI MINHA LÍNGUA.

E tudo começou assim…

Logo de cara, o formato da webserie The Lizzie Bennet Diaries me atraiu a atenção, e bastaram alguns episódios pra despertar minha curiosidade sobre o livro que deu origem a ela: Orgulho e Preconceito. Eu acabei caindo de amores – pelo livro e pela série

Se você ainda não conhece o livro, super recomendo acompanhar os dois em paralelo. As adaptações feitas para trazer a história para a nossa época são super divertidas.

 

E depois dessa surpresa, é claro que eu já coloquei os outros livros da Jane Austen na minha lista de leitura. E recentemente um deles teve que furar fila, porque já tenho outra série pra acompanhar! Emma Approved (baseada no romance Emma) já está no seu 12° episódio. – E eu acabei de terminar minha leitura ❤

 

Para assistir as séries:

The Lizzie Bennet Diaries : Link para a página oficial / Link para a playlist com legendas em portugues, na página da Larissa Siriani

Emma Approved : Link para a página oficial / Link para a playlist com legendas em portugues, na página da Larissa Siriani

Anúncios

2 pensamentos sobre “Como eu aprendi a amar Jane Austen

  1. Não sei se você sabe mas “The Lizzie Bennet Diaries” foi produzida por Hank Green que lidera junto com o irmão dele John uma enorme comunidade online, os Nerdfighters. Eles tem uma montanha de projetos no YouTube indo de series educativas (Crash Course, SciShow) curiosidades (MentaFloss), além do canal principal deles o VlogBrothers. Fora isso John Green é um autor internacionalmente reconhecido, tanto que dominou a lista de best-sellers do NY Times pelos últimos anos e um dos livros dele (The Fault in Our Stars) tem um filme em pós-produção pra ser lançado em Jun/2014. Pelo estilo daquilo que você posta você ia gostar muito do que John escreve, recomendo especialmente Paper Towns e The Fault in Our Stars…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s